0
0
0
s2sdefault

A secretária municipal de Educação, professora Justina Iva de Araújo Silva, apresentou na manhã desta quarta-feira (18), em coletiva à imprensa, o calendário oficial de matrículas da Rede Municipal de Ensino para o ano letivo de 2018. A titular da SME, afirmou que estão abertas a renovação e matrícula antecipada para os estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação. “As matrículas antecipadas iniciaram nesta quarta-feira (18) e seguem até o dia 17 de novembro deste ano”.

A matrícula antecipada objetiva priorizar a vaga das crianças com deficiência na Rede Municipal considerando as especificidades das mesmas no sentido de organizar os espaços físicos e pedagógicos para garantir o acesso, a permanência e a aprendizagem destes alunos. Para todos os outros estudantes o período é de 23 de outubro a 31 de janeiro de 2018, com datas distintas para cada nível de ensino. Os alunos devem ser matriculados nas secretarias das respectivas unidades de ensino.

Segundo a professora Justina Iva, em 2017 a rede possui 15.703 crianças na Educação Infantil e 41.624 alunos matriculados nas escolas de Ensino Fundamental. Em 2018, os níveis da Educação Infantil (Creche e Pré-Escola) terão, juntos, um acréscimo de 1.120 vagas com a entrega de quatro novos Centros Municipais de Educação Infantil, localizados nos bairros de Candelária, Guarapes e Potengi – este último terá duas unidades de ensino.

Durante a coletiva, a secretária frisou o funcionamento, a partir do próximo ano, da primeira Escola Municipal de Ensino Fundamental com tempo integral. A instituição, Tereza Satsuqui, terá a construção de sua sede própria concluída entre o fim deste ano e o início do próximo. “A escola Tereza Satsuqui, que hoje funciona no Planalto, com 4 salas de aula, está sendo construída com 12 salas e os alunos iniciarão na escola às 7h e ali permanecerão até as 17h. Esta escola terá 360 alunos, que serão atendidos em tempo integral”, afirmou.

A professora destacou ainda a escolha do tema “Educação Integral” para nortear as atividades escolares do Município em 2018. “Nós queremos que a Rede Municipal de Ensino de fato trabalhe com esse compromisso, que é diferente de educação em tempo integral. A educação integral é muito mais do que uma questão de jornada, é uma questão de proposta, de compromisso, de metodologia. É muito mais pedagógica e programática”.

As aulas do ano letivo de 2018 começarão em 15 de fevereiro. De cinco a oito de fevereiro será o planejamento pedagógico dos professores nas unidades de ensino e nos dias um e dois de fevereiro acontecerá a Jornada de Educação das Unidades de Ensino de Natal (Jenat).

Também participaram da coletiva, a secretária adjunta de Gestão Pedagógica, Judineide Domingos, a chefe do Setor de Normas e Organização Escolar, Liane Ataliba, e a chefe do Setor de Educação Especial, Suedna Varela.

Documentação

Os documentos necessários para matrícula são: cópia de certidão de nascimento ou casamento, cópia do comprovante de residência, 3 fotos 3x4, cópia do cartão de vacina, cópia do cartão do SUS. Para alunos inscritos em programas sociais do Governo Federal, é necessário, ainda, apresentar o Número de Identificação Social (NIS), e para os que já frequentaram a escola, é preciso portar o número da Identificação Única (ID). Para a matrícula de estudantes com deficiência, transtornos globais do desenvolvimento e altas habilidades/superdotação é preciso comprovar o diagnóstico clínico.

Calendário de matrículas

Fonte: http://natal.rn.gov.br/noticia/ntc-27140.html